Corpo de marido que matou Procuradora é achado com 9 facadas

Corpo de marido que matou Procuradora é achado com 9 facadas

Ele foi encontrado morto no fim da noite desta quinta-feira (2) em um motel.

A Polícia Militar (PM) disse que o marido da procuradora federal Ana Alice Moreira de Melo, de 35 anos, suspeito de matá-la, foi achado com ao menos com nove marcas de facadas pelo corpo. Ele foi encontrado morto no fim da noite desta quinta-feira (2) em um motel, às margens da BR-356, no bairro Olhos d"Água, na Região Oeste de Belo Horizonte.

"Ele estava deitado em decúbito dorsal e apenas de short. A princípio foram nove facadas", disse o tenente Honório de Carvalho, da PM. O corpo estava sobre uma cama da suíte 16. A Polícia Civil investiga a possibilidade de o homem ter se matado, mas a equipe de peritos não descartou a hipótese de assassinato, pois ele tinha ferimentos em várias partes do corpo e sinal de violência no pescoço.

Havia marca de sangue na cama, no chão e no banheiro, segundo a Polícia Civil. Uma faca foi encontrada embaixo de um dos braços. De acordo com a PM, a faca pode ter sido usada no assassinato de Ana Alice. Funcionários relataram à polícia que o homem não saiu do quarto durante todo o dia de ontem, o que chamou a atenção. Segundo a direção do motel, ele deu entrada na suíte às 4h50 da madrugada dessa quinta-feira (2), minutos após deixar a casa onde a mulher dele foi encontrada morta. Segundo a polícia, o suspeito saiu do condomínio onde morava com a família por volta das 4h40. O casal deixou dois filhos, que estão com a avó materna.

Dentro do carro de luxo, estacionado na garagem do motel, os policiais encontram uma carteira de motorista e confirmaram que se tratava do marido da procuradora. Ele havia tido a prisão preventiva decretada pela Justiça na tarde desta quinta e estava foragido.

O asssassinato da procuradora aconteceu dentro da mansão onde o casal morava com os filhos, no Condomínio Vila Alpina, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada desta quinta-feira (2).

Segundo a polícia, Ana Alice foi morta durante uma discussão. O suspeito, de 49 anos, fugiu de carro do local. O veículo estava estacionado no motel onde ele foi encontrado morto.

Fonte: G1