Corpo de menina de 12 anos é encontrado sem mãos e cabeça

A polícia não descarta a possibilidade de ela ter sido vítima de um ritual de magia negra.

Uma menina de 12 anos foi encontrada morta com a cabeça e as mãos separadas do corpo na manhã desta terça-feira em uma área de mata na periferia do município de Parauapebas, no sudeste paraense. Thaís Santos Feitosa estava desaparecida desde a última sexta-feira, quando saiu para ir à escola. As mãos dela não foram encontradas.

A polícia não descarta a possibilidade de ela ter sido vítima de um ritual de magia negra, mas afirma que as investigações ainda estão no começo. O corpo foi localizado às 6h por um agricultor que passava na área de um matagal no loteamento Paraíso.

Segundo ele, não havia ninguém no local. De acordo com a polícia, a cabeça estava distante cerca de 20 m do corpo da criança. Ainda não há confirmação se ela sofreu algum tipo de abuso sexual.

"Ela estava deitada vestida apenas com a calça do uniforme, sem blusa, mas isso só a perícia vai confirmar", disse o delegado da seccional de polícia do município, Antônio Miranda. Ainda segundo ele, as mãos da criança foram separadas do corpo, e, mesmo após buscas dos policiais, elas não foram encontradas. A polícia não descarta que possa ter ocorrido algum ritual de magia.

"Não podemos afirmar nada ainda. Estamos fazendo investigações. Mas não descartamos nenhuma possibilidade", disse o delegado. De acordo com Miranda, não há notícia que um crime desse tipo tenha ocorrido na cidade nos últimos anos.

"Não sei se nunca houve, mas nunca tive notícia", afirmou. O corpo deve ser removido para o Instituto Médico Legal (IML) do município de Marabá, na mesma região, para ser periciado. Uma equipe da Delegacia de Homicídios de Belém seguiu para Parauapebas para assumir as investigações sobre o caso.

Fonte: Terra