Corpo de mulher cai do 2º andar do prédio e marido é principal suspeito de ter empurrado

Corpo de mulher cai do 2º andar do prédio e marido é principal suspeito de ter empurrado

Segundo amigos do casal, a queda da administradora foi presenciada pelos dois filhos dela, de 13 e 15 anos.

O marido da administradora de empresas Jaqueline Valadão Rios, de 44 anos, que morreu após cair da varanda de seu apartamento na Tijuca, na Zona Norte, admitiu em depoimento na Delegacia de Homicídio, na Barra da Tijuca, que discutiu com a mulher. Flávio Martins, de 30 anos, contou que bebeu durante toda a tarde com Jaqueline e à noite, durante uma discussão, ele teria a empurrado. A vítima caiu sobre uma cadeira que estava na varanda, se desequilibrou e caiu do segundo andar do prédio. Flávio Martins recebeu voz de prisão. Segundo amigos do casal, a queda da administradora foi presenciada pelos dois filhos dela, de 13 e 15 anos. Em estado de choque, os meninos foram amparados por parentes. "Estamos chocados. Nunca soubemos de qualquer problema entre o casal. Ela sempre foi uma mulher tranquila e muito batalhadora", disse, emocionada, a amiga Giovana Torres, de 51 anos. Em sua primeira versão, Flávio disse que Jaqueline teria caído do apartamento após tentar usar uma cadeira de ferro para fechar o toldo da varanda. Antes da queda, a cadeira quebrou a sacada de vidro do apartamento. Jaqueline era síndica do prédio.

Fonte: Terra