Cresce o número de crimes na internet na capital; vídeo

Em Teresina os casos são muitos, recentemente, várias estudantes do ensino médio de escolas particulares apareceram nuas nas redes sociais

O que antes não causava preocupação, hoje, a internet já ocupa grande parte do noticiário policial. São os chamados hackres que invadem de empresas e especialmente pessoas físicas, são imagens, vídeos e textos jogados na grande rede que provocam danos, constrangimentos e as vezes até revelam criminosos.

Entre os famosos que já foram alvo de crimes na internet está o caso mais conhecido do Brasil que foi a atriz Carolina Dieckmann que teve dados e fotos pessoas invadidos. Ela processou os acusados e o Congresso Nacional tratou logo de batizar uma nova lei sobre crimes virtuais com o nome da atriz., ou seja, tornou crime a invasão de aparelhos eletrônicos para obtenção de dados particulares.

Outro caso que chamou atenção, foi o caso da assessora parlamentar em Brasília, Denise Rocha, o ex-namorado dela postou vídeo mostrando cenas de sexo explícito entre os dois. A vítima foi demitida do gabinete, e, ao invés de cobrar indenização para o acusado do crime, ela preferiu adotar uma postura de faturar em cima do acontecido.

Já em Teresina os casos são muitos, recentemente, várias estudantes do ensino médio de escolas particulares apareceram nuas nas redes sociais. O fato causou ampla repercussão. Outro exemplo, foi quando postaram que uma piauiense teria morrido durante os protestos em São Paulo, mas não passou de uma mentira que postaram no Facebook da vítima.

A jornalista Aline Ribeiro também foi vítima desse tipo de crime. ?Uma amiga me falou que tinha um perfil no Instagram que ela desconfiou que não era meu e perguntou se eu utilizava aquele perfil e aí pude vê que uma pessoa estava utilizando a minha foto o meu nome e não era eu?, disse Aline Ribeiro que prestou queixa na delegacia por falsidade ideológica.

Nesta semana foi preso o ajudante de pedreiro Antônio Filho, de 22 anos, ele é acusado de agressão física contra a sua namorada de 15 anos de idade e de ameaçar publicar um vídeo íntimo com a menor.

Acompanhe a matéria completa na reportagem do jornalista Pedro Borges

Fonte: Waldelúcio Barbosa