Ronda Cidadão: Cresce o número de ocorrências no PI

Ronda Cidadão: Cresce o número de ocorrências no PI

A apreensão de armas de fogo saiu de 75, em 2012, para 106 este ano.

O Ronda Cidadão tem o intuito de trabalhar em parceria com a comunidade para o fortalecimento da segurança nos bairros. O policiamento é realizado de maneira preventiva e ostensiva, fatores que refletem no crescimento do índice de resultados positivos em relação ao ano de 2012.

De acordo com o comandante do Ronda Cidadão, tenente-coronel Edson Ferreira, a parceria com a comunidade quebra paradigmas. "Esse trabalho de parceira é necessário e fortalece a segurança", afirma.

Em Teresina, o número de ações no período de janeiro a outubro deste ano cresceu em relação ao mesmo período de 2012. A apreensão de armas de fogo saiu de 75, em 2012, para 106 este ano.

A quantidade de ocorrências que resultaram em apreensão de drogas saiu de 13 para 51; as ações que resultaram em recuperação de veículos saiu de 83 em 2012 para 142 em 2013. Já, as demais ocorrências saíram de 427 para 453.

Um dos grandes diferenciais do Ronda Cidadão é o diálogo existente entre a polícia e os moradores para a descrição de pontos mais violentos, por exemplo.

"Nessas visitas, os policiais informam o número da viatura e escutam da comunidade quais as maiores demandas no que concerne à segurança. Assim podemos, por exemplo, definir quais os pontos têm o maior índice de assaltos", pontua o tenente-coronel Edson Ferreira.

Até o mês de outubro deste ano foram realizadas 40.055 visitas comunitárias, estas podem ser solicitadas por qualquer cidadão. Preocupado com a parte operacional e educacional, o Ronda Cidadão realiza palestras educacionais.

86,8% dos habitantes de Teresina temem ser assassinados

Fonte: Jornal Meio Norte