Criança de 1 ano é usada como escudo e esfaqueada em supermercado

“Seu quadro agora está estável”, afirmou Gilberto Albuquerque.

Atualizada às 19h10

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) informou que a menina E.B.L.C de apenas um ano e oito meses esfaqueada na barriga passou por cirurgia e permanece em estado grave. 

A cirurgia durou cerca de 4h e ela encontra-se intubada e em ventilação mecânica.

Durante entrevista, na noite deste sábado, ao programa 70 minutos, da Rede Meio Norte, o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque,  confirmou que a criança teve lesões no abdomem e no intestino e que sua situação é considerada gravíssima.

"Ela perdeu muito sangue, precisou de muita transfusão, as vísceras ficaram expostas e corre sim risco de morte", disse

Ao ser perguntado sobre o número de facadas ele disse acreditar ter sido entre cinco ou sete facadas.

Segundo a Polícia Militar,  o homem mais conhecido como "Calção" seria o autor das facadas. Diligências estão sendo realizadas para que o suspeito seja encontrado.

Veja nota do HUT: 

A direção do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) comunica que a criança de iniciais E. B. L. C., de 1 ano e 8 meses, deu entrada hoje (09), às 11h40, com perfurações múltiplas no abdomen e diafragma sendo encaminhada imediatamente para o centro cirúrgico. A criança já passou por cirurgia e se encontra agora (às 16h) na emergência pediátrica, intubada e em ventilação mecânica. Ela está sendo acompanhada por uma equipe multidisciplinar, incluindo o cirurgião pediátrico do plantão e seu estado de saúde é grave.


Matéria Original

Por volta das 11h40 deste sábado (09). a menina E.B.L.C, de um ano e oito meses, foi esfaqueada no momento em que sua família estava dentro do supermercado Comercial Carvalho, na avenida Maranhão, no bairro Pirajá, na zona Norte de Teresina, quando um homem a usou como escudo para evitar que fosse assassinado por outro homem, armado de faca, que invadiu o estabelecimento comercial.

O diretor do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), Gilberto Albuquerque, informou que E.B.L.C. foi esfaqueada no abdômen e ficou com as vísceras de fora, O médico disse ainda que E.B.L.C. está sendo submetida por cirurgia na Sala de Cirurgia do HUT, chegou com estado grave de saúde mas foi estabilizada.

“Seu quadro agora está estável”, afirmou Gilberto Albuquerque.

O coronel John Feitosa, chefe da Comunicação Social da Polícia Militar (PM), informou que dois homens estavam discutindo próximo dos postos de lavagem de carros na avenida Maranhão e um deles correu para dentro do supermercado já que seu rival estava armado de faca.

Dentro do supermercado, o agressor em vez de esfaquear seu opositor na briga esfaqueou a criança no abdômen e no braço.

O coronel John Feitosa afirmou que o homem que esfaqueou a criança dentro do supermercado Comercial Carvalho fugiu em uma bicicleta e patrulhas de policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM) estão em sua perseguição.

Fonte: Com informações de Efrem Ribeiro