Criança de 10 anos contrai DSTs após ser estuprada durante 3 anos

'Amordaçava ela com uma meia e amarrava', disse a delegada do caso.

Um homem identificado como Wylderley Pereira da Silva  foi preso acusado de estuprar a própria enteada de apenas 10 anos de idade, na cidade de Manaus, no Amazonas. De acordo com informações da Polícia Civil, que investiga o caso, a criança contraiu várias doenças sexualmente transmissíveis. 

A delegada Juliana Tuma, responsável pelo caso, informou que os abusos vinham ocorrendo desde quando a menina tinha 7 anos. "A vítima afirma que os atos vinham acontecendo desde 2014, quando ela tinha sete anos. Foi noticiado na época o abuso quando ela já estava doente, já com oito anos. Ela conta que o suspeito chegava de madrugada, amordaçava ela com uma meia e amarrava ela com uma corda de estender roupa e os abusos eram dos mais variados possíveis", disse.

Ainda segundo a delegada, o acusado matinha um relacionamento com a mãe da criança que pediu a separação  ao descobrir os abusos. A criança era amarrada e amordaçada. Além disso, teve que ser internada em uma clinica devido às doenças que contraiu. 

Durante depoimento, acabou confessando o  crime. Ele, no entanto, negou que tenha amarrado a garota. Wylderley  responderá por  por estupro de vulnerável. 

 Wylderley Pereira da Silva
Wylderley Pereira da Silva



Fonte: Com informações do G1