Criança de 10 anos é estuprada e agredida até a morte pelo padrasto

A menina foi encontrada enterrada em uma cova rasa.

Uma criança identificada como Geisiely Mariano da Silva, de 10 anos, foi encontrada enterrada em uma cova rasa na zona rural da região norte de Alagoas. Antes de ser morta, a menina foi estuprada, espancada e amarrada em uma árvore pelo padrasto, que foi preso.

A vítima saiu de casa para ir para a escola na quarta-feira (31), mas não houve aula. Então, em seguida ela foi até a casa de amigas e desapareceu.

A família da menina entrou em desespero e começaram as buscas, inclusive o próprio padrasto identificado como José Augusto Santos da Silva, de 28 anos. Mas as investigações mudaram depois do acusado ter sido visto com a bicicleta da menina logo após o seu desaparecimento.

O homem foi preso em flagrante. Inicialmente, ele contou à polícia que deixou a menina amarrada à uma árvore, em uma mata entre as cidades de São Luís do Quitunde e Passo de Camaragibe. De acordo com o delegado responsável pelo caso, ele chegou a indicar diversos lugares errados até o corpo ser encontrado. Geisiely estava numa cova rasa, com apenas os pés para fora. Ela havia sido amarrada com um pedaço de casca de árvore, usada para fazer nós.

Agora, a polícia aguarda resultado de exames para comprovar se houve estupro. Uma irmã mais velha da vítima já havia saído de casa após briga com padrasto. A mãe das meninas, porém, não confirmou se o motivo foi alguma tentativa de abuso sexual. José Augusto foi encaminhado à delegacia de Passo de Camaragibe. De acordo com a polícia, ele já tinha histórico de violência doméstica contra a ex-mulher e a ex-sogra.

Menina foi encontrada enterrada (Crédito: Reprodução )
Menina foi encontrada enterrada (Crédito: Reprodução )
Criança foi morta pelo padrasto (Crédito: Reprodução )
Criança foi morta pelo padrasto (Crédito: Reprodução )
Fonte: Com informações do R7