Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão

"A sensação que nós sentimos é de impunidade", diz a mãe da criança

A mãe de uma criança de 6 anos, moradora da localidade Praça do Cruzeiro, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, colocou o filho para dormir na parte de externa de casa, nesta terça-feira, com medo de que tiros atingissem o quarto da criança. Moradores fizeram fotos do menino que tem outros três irmãos - de 7, 13 e 14 anos. Segundo relatos, desde 6h desta terça os tiros não dão trégua na comunidade e já haveria pelo menos uma pessoa baleada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região. Por causa dos disparos, o teleférico suspendeu a circulação às 7h.

"A sensação que nós sentimos é de impunidade. Porque você deita já pensando: "Será que vai ter tiro?". Você não consegue dormir. Passa a noite em claro. Um barulinho você já saiu correndo. Minha casa está no alvo. Não tenho para onde correr. Vou para a laje, acho que lá eu e minha família temos segurança. Minha casa tem uma marca de tiro na janela", contou a mãe do garoto.

Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão (Crédito: Reprodução)
Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão (Crédito: Reprodução)


De acordo com ela, na madrugada desta terça-feira os tiros começaram na Praça do Samba: "Hoje teve tiro na Praça do Samba. Quando abri a janela, os policias já estavam na rua. Meus filhos tiveram que correr. O meu filho menor deitou no chão da laje porque não tem onde se abrigar. A gente não se aguenta mais. Tenho amigos inocentes que morreram."

Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão (Crédito: Reprodução)
Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão (Crédito: Reprodução)


Outro esconderijo da família é o banheiro da casa. Uma outra imagem mostra a criança abrigada com os irmãos no cômodo: "Essa foto é justamente quando tem os tiroteios de madrugada e não dá tempo nem de abrir a porta. Tem que correr para o banheiro. É esse situação, quando os meus filhos acordam às vezes de madrugada, isso não é vida para ninguém imagine para 4 crianças", contou a mãe desesperada.

Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão (Crédito: Reprodução)
Criança dorme em laje para se abrigar dos tiros no morro do Alemão (Crédito: Reprodução)


Por causa dos tiroteios diários que vêm acontecendo no Alemão há pelo menos três semanas já há moradores se mudando, diz outra pessoa que vive na comunidade. 

Fonte: Com informações do Jornal Extra