Criança morre atingida por um tiro em sala de aula

PM confirma operação policial na mesma região

A Secretaria estadual de Saúde informou que o menino de 11 anos atingido por uma bala perdida dentro de uma sala de aula no Ciep (Centro Integrado de Educação Pública) Rubens Gomes, em Costa Barros, no subúrbio do Rio, já chegou morto ao Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, também no subúrbio. Ele chegou ao hospital por volta das 9h50 desta sexta-feira (16), acompanhado por professores e funcionários da escola.

Em nota, a Secretaria municipal de Educação informou que o aluno Wesley Rodrigues de Oliveira foi baleado no tórax.

A Secretaria municipal de Educação disse ainda que as aulas da escola foram suspensas nesta sexta-feira e que, na próxima segunda-feira (19), uma equipe do Programa Interdisciplinar de Apoio às Escolas Municipais (Proinape) irá ao local para conversar com as crianças e professores.

A Secretaria estadual de Saúde informou que outros três homens, sem identificação, e com idades aparentemente entre 25 e 30 anos, também já chegaram mortos ao hospital vindos da área. Segundo a Secretaria estadual de Saúde, os três feridos foram levados pela polícia para o hospital.

Às 10h30, ainda segundo a Secretaria, outros dois corpos sem identificação também chegaram à unidade de saúde.

De acordo com a PM, policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) realizam, desde o início da manhã, uma operação nas favelas da Quitanda e da Pedreira, em Costa Barros, no subúrbio. As comunidades ficam na mesma região do Ciep. A PM informou que a operação é de combate ao tráfico, e que começou no início da manhã desta sexta-feira.

Fonte: g1, www.g1.com.br