Criança é torturada pelos pais com ovo quente

Menina de 8 anos teria sido espancada e queimada com ovo quente

Uma mãe e um padrasto foram denunciados pelo Ministério Público (MP) do Rio nesta quarta-feira (9) por torturarem uma menina de 8 anos, filha dela, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Segundo o MP, o caso aconteceu no dia 21 de julho deste ano porque a criança teria tirado R$ 2,60 da carteira do padrasto e ela mesmo teria procurado a polícia no dia seguinte, depois que os dois saíram para trabalhar.

Na denúncia, a promotoria afirma que, como castigo, a menina foi espancada e obrigada a segurar nas mãos um ovo cozido superaquecido, saído de água fervente. ?A mãe participou ativamente da tortura, nada fazendo para evitar o espancamento, ao contrário, assentiu com a conduta do companheiro, inclusive cozinhando o ovo?, diz a promotora Elisabete Figueiredo Felisbino Barbosa, no documento.

De acordo com o laudo pericial, as queimaduras provocadas podem causar danos permanentes em sua mobilidade nas mãos. Além disso, a criança ficou com hematomas em todo o corpo.

O MP ressalta ainda que consta no inquérito declarações de familiares que afirmam que a mãe e o padrasto tinham o hábito de agredir a filha ?com o intuito de educá-la, sempre extrapolando nos meios corretivos?. Os acusados estão presos temporariamente pelo prazo de 30 dias.

Fonte: g1, www.g1.com.br