Criança torturada por tio relata crueldade

Menina de cinco anos foi queimada e teve dentes arrancados por parente

A menina de cinco anos que foi torturada pelo tio no Rio de Janeiro relatou a crueldade com que foi agradida pelo parente, que tinha guarda da menor desde que a mãe mudou de Estado.

- Ele me dava choque com fio grosso, dava chute na barriga. Ele queimou minha mão no fogo e arrancou esse dente com alicate, esse dente com alicate e esse com a mão.

O homem de 38 anos suspeito das agressões foi preso na noite de quinta-feira (19), na zona norte da cidade. Ele confessou o crime e disse que fazia para ?corrigir? a criança.

De acordo com a delegada Adriana Belém, titular da 28ª DP, três dentes da menina foram arrancados com um alicate. As queimaduras foram feitas na vagina e nas mãos. Os policiais chegaram à casa do suspeito, na comunidade da Chacrinha, quando ele tentava fugir.

O suspeito tinha a guarda da menina há um ano. A mãe da criança perdeu a guarda após voltar para Campo Grande. Ao visitar a filha, constatou as marcas e denunciou o suspeito à polícia. À polícia ele disse que precisava corrigir a criança que ?era muito levada?, disse a delegada. Ele foi indiciado por tortura.

O suspeito mora com duas filhas de 17 e 12 anos; e a mulher, que também foi indiciada por tortura na forma de omissão. Ela se apresentou à polícia e não está presa, informou a delegada.

Fonte: R7, www.r7.com