Alunos de 4 a 7 anos passam mal após serem dopados por professora

Segundo a polícia, o 'sonífero' foi feito na casa da professora.

Uma professora, que não teve o nome divulgado, confessou para à polícia que colocou sonífero no lanche dos seus alunos, na cidade de Belo Jardim, no estado de Pernambuco. As crianças, com com idades entre 4 e 7 anos, ficaram dopadas e foram hospitalizadas.

De acordo com informações da polícia, a professora colocou um 'calmante' no suco de laranja dos alunos que, segundo ela, estavam atrapalhando a aula e precisavam se 'acalmar'. Após ingerir a bebida, as crianças passaram mal e foram levadas para o Unidade Mista João XXIII.

O delegado responsável pelo caso, José Rivelino, informou que o produto utilizado pela professora não foi preprado na escola. 

“De acordo com as informações que colhemos, o suco teria sido preparado antes, provavelmente na casa da professora. Ainda não podemos comprovar que havia medicação na bebida. Também poderia ser que algum tipo de bactéria estivesse presente na água utilizada na preparação do suco. Quero acreditar que a professora tenha agido de boa fé”, afirmou.

A mãe de uma das crianças dopadas, identificada como Paula Daniele, declarou que sua filha apresentava sinais de tontura. "Ele estava tonto e com a cabeça doendo. No hospital, me disseram que foi um remédio para dormir que estava no suco", disse.

Image title

Image title



Fonte: Com informações do R7