Crimes por acerto de contas aumentam com média 2 por mês

Crimes por acerto de contas aumentam com média 2 por mês

A incidência, de acordo com a PM, está diretamente relacionada ao tráfico de drogas, motivada pela falta de acordos.

É cada vez mais preocupante o aumento de homicídios por acertos de conta em Teresina. Dados da Polícia Militar apontam que em oito meses ocorreram 17 assassinatos do gênero, uma média de dois por mês. A incidência, de acordo com a PM, está diretamente relacionada ao tráfico de drogas, motivada pela falta de acordos.

Os casos envolvem jovens de 19 a 23 anos de idade. ?Esse número pode ser bem maior. É um número expressivo e isso preocupa porque os jovens estão se autodestruindo?, diz a PM. Em razão da atuação de gangues o acerto de contas é mais visível na zona sul da capital.

Informações obtidas pela polícia apontam que a morte de Márcio Pop está relacionada a acertos de contas. Nego Wilson, acusado pelo assassinato, está preso.

São registradas no 4º Distrito Policial, região do Parque Piauí, quatro mortes por mês por rivalidade entre gangues.

Fonte: Denison Duarte