Criminosos rendem bispo para roubar R$ 53 mil de igreja no ES

Criminosos rendem bispo para roubar R$ 53 mil de igreja no ES

Vítimas chegavam a templo da Igreja Mundial do Poder de Deus. Caso aconteceu no bairro Ibes, em Vila Velha, neste domingo.

Criminosos armados renderam um bispo, a mulher dele e um pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, no Ibes, em Vila Velha, Espírito Santo, e levaram R$ 53 mil que estavam no cofre do escritório do templo, por volta das 7h15 deste domingo (20). O crime aconteceu quando eles chegavam ao local para retirar o dinheiro.

Segundo o pastor, de 39 anos, tudo começou quando eles chegaram no estacionamento do escritório, localizado na parte de trás da igreja. Eles saíram do carro e entraram no local, primeiro a mulher do bispo, depois ele e por último o pastor. Quando ele tentou fechar a porta do escritório foi impedido pelo primeiro assaltante que, armado, o rendeu e anunciou o roubo.

A vítima relatou que um dos criminosos colocou a pistola na cabeça do pastor e mandou ele soltar a porta. Os outros dois assaltantes, um deles também armado, entraram no local em seguida. A partir daí começaram as ameaças de morte contra as vítimas.?Ele chegou mandando a gente entrar logo que era um assalto. Colocaram as armas nas nossas cabeças e mandaram a gente entregar nossos celulares e as chaves do cofre que eles queriam o dinheiro do mês. A gente ficou deitado no chão?, afirmou o pastor.

Com medo do pior, o bispo entregou as chaves do cofre aos bandidos. Eles abriram o compartimento e pegaram todo o dinheiro, aproximadamente R$ 53 mil em notas e moedas. Em seguida, eles mandaram que as vítimas levantassem e fossem até o banheiro do escritório. Os bandidos trancaram o bispo, a mulher dele e o pastor no local e fugiram em seguida.


Criminosos rendem bispo e roubam R$ 53 mil de igreja no ES

Porém, um dos obreiros da igreja tinha percebido uma movimentação estranha do lado de fora do local e, ao se aproximar, percebeu que dois homens esperavam do lado de fora, em um Fiat Palio vermelho, placas HHM-1372, e chamou a polícia. Ao verem que haviam sido descobertos, os bandidos que davam cobertura abandonaram o carro e fugiram a pé.

Na hora em que os três bandidos saíam do escritório, a Polícia Militar chegou e os cercou. Eles pularam o muro de casas para tentar fugir, mas dois deles foram presos. Willian Souza de Jesus, 19 anos, e Wesley Oliveira Lauvers, mesma idade, foram pegos com uma pistola calibre 22 de fabricação argentina, além de R$ 33.180,00 do roubo. O outro criminoso conseguiu fugir com R$ 20 mil e está foragido. Willian e Wesley foram autuados em flagrante por roubo e encaminhados ao presídio.

Monitoramento

Os assaltantes já vinham monitorando toda a rotina do local há cerca de 15 dias. A informação é do cabo Gildeone Santos, da 3ª Companhia do 4º Batalhão da Polícia Militar, que ajudou na prisão dos suspeitos.

Segundo ele, Willian Souza de Jesus, 19, e Wesley Oliveira Lauvers, da mesma idade, contaram, após a prisão, como o crime foi planejado.?Um dos elementos nos relatou que eles estavam frequentando a igreja há cerca de 15 dias, para ver como tudo funcionava. O obreiro até reconheceu o Willian, disse que ele realmente ia aos cultos?, afirmou.

Ainda de acordo com o cabo Gildeone, os bandidos planejavam assaltar a igreja no sábado, mas acabaram desistindo. ?Eles disseram que iriam fazer o crime um dia antes, mas como tinham muitos seguranças no local e o bispo não estava lá, desistiram e adiaram para domingo?, contou o policial.

Dinheiro

Os R$ 53 mil roubados pelos bandidos do cofre da Igreja Mundial do Poder de Deus seria usado para o pagamento das contas do mês inteiro, de acordo com o pastor do local, de 39 anos.?Esse dinheiro é a doação do mês inteiro dos fiéis. A gente iria usar para pagar as contas da igreja, como luz, água e os nosso compromissos com os funcionários?, afirmou o pastor.

No momento do assalto, um culto acontecia, com mais de 300 pessoas participando, segundo o pastor. Porém, os fiéis não perceberam o crime.?Como o escritório fica na parte de trás da igreja, acabou que ninguém percebeu o que aconteceu. Ainda bem, porque seria um pânico muito grante entre as pessoas e poderia ser pior?, ressaltou o pastor. Segundo ele, além dos R$ 33 mil recuperados, os bandidos ainda deixaram para trás os notebooks que iriam levar, o que diminui o prejuízo para a igreja.

Fonte: G1