Dado falta a depoimento pela 3ª vez e deve ser conduzido a DP

Dado falta a depoimento pela 3ª vez e deve ser conduzido a DP

Dado deverá ser conduzido à delegacia por policiais civis

O ator Dado Dolabella faltou pela terceira vez ao depoimento que prestaria, nesta quarta-feira-feira, na 16ª DP (Barra da Tijuca), na zona oeste do Rio. Ele deveria esclarecer denúncias feitas por sua ex-mulher, Viviane Sarahyba, de que seria o autor de riscos feitos na lataria do carro dela no dia 29 de dezembro de 2010. O ator já havia faltado a convocações feitas nos dias 4 e 7 de janeiro.

De acordo com a delegada Juliana Rodrigues, por ter faltado a três convocações, Dado deverá ser conduzido à delegacia por policiais civis. Os agentes farão diligência à residência do ator para que fale com a autoridade policial.

A Polícia Civil informou que Dado pode responder pelos crimes de dano e injúria. A delegada afirmou também que o caso será enquadrado na Lei Maria da Penha.

Histórico de problemas

Esta não é a primera vez que Viviane presta queixa contra o ex-marido. Em novembro, Dado foi acusado de agressão pela publicitária. Ela afirmou que o fato ocorreu na casa dele, no Leblon, Zona Sul, para onde teria ido com o filho do casal. Ele negou a acusação.

Em outubro, Dado Dolabella foi autuado e indiciado por uso de entorpecente. Ele admitiu à polícia que a maconha encontrada em seu carro durante uma blitz na Lagoa, Zona Sul, era de consumo próprio, segundo informações da 14ª DP (Leblon).

O ator e a publicitária se casaram em setembro de 2009. Onze meses depois, ela entrou com pedido de separação de corpos e uma medida cautelar contra ele, acusando-o de tê-la agredido durante uma briga.

Em agosto deste ano, Dado Dolabella foi condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto por lesão corporal por ter agredido a ex-namorada, a atriz Luana Piovani, e a camareira dela, Esmeralda de Souza Honório. O ator está recorrendo da decisão.

Fonte: Terra, www.terra.com.br