Decretada prisão de líderes do movimento "Polícia Legal" no Piauí

A prisão dos líderes foi decretada nesta quarta-feira

Os líderes do movimento 'Polícia Legal' tiveram suas prisões decretada na tarde desta quarta-feira (02) pelo Juiz Luiz Moura, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina. O movimento, que teve início no último sábado (28), garante o aquartelamento dos militares e impede que faça o policiamento ostensivo nas ruas. 

O coronel Carlos Augusto, comandante da Polícia militar havia pedido a prisão de 15 militares que participam do movimento. Ele confirmou a informação de que foi decretada a prisão, mas não disse o nome e nem quantos deverão ser presos.

Na ação a alegação  é de crime militar, de ordem pública, e risco a segurança nacional. Os líderes do movimento estão sendo procurados para receber a notificação e se apresentarem num prazo de 24 horas na Corregedoria da Polícia Militar.

Fonte: Portal MN