Defesa de Bruno entra com novo pedido de liberdade no Supremo

Esta é a terceira vez que a defesa do jogador recorre ao órgão.

Embora tenha sido destituído do cargo de advogado do goleiro Bruno Fernandes, Rui Pimenta entrou com uma nova petição no Supremo Tribunal Federal, pedindo a soltura do jogador. Pimenta ainda cuida do julgamento do habeas corpus do atleta, que já foi negado duas vezes pelo STF. Na última sexta-feira (7), o ministro Teori Zavascki, novo relator do processo, analisou o embargo e negou o pedido de liberdade para o jogador.


Defesa de Bruno entra com novo pedido de liberdade no Supremo

Antes disso, o atual presidente do STF, Joaquim Barbosa, também indeferiu o pedido de liberdade do atleta. A nova petição do advogado foi entregue ontem (12) ao órgão. Segundo a assessoria de imprensa do STF informou que ainda não há data prevista para o novo julgamento.

O destino do goleiro, que responde pelo desaparecimento e morte da modelo Eliza Samudio, será decidido a partir do dia 4 de março de 2013. Ele, o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos e Dayanne Souza, ex-mulher de Bruno, irão à júri popular. A decisão foi tomada depois que o pedido de desmembramento do processo foi aceito pela juíza Marixa Lopes, quando o jogador anunciou um novo defensor.

Fonte: R7, www.r7.com