Defesa de Dado recorre contra condenação

Defesa de Dado recorre contra condenação

Ele foi condenado por agressão contra a atriz e ex-namorada Luana Piovani

O advogado Michel Assef Filho, que defende o ator Dado Dolabella, informou na tarde desta quarta-feira (18) que entrou com recurso contra a condenação do ator, referente à agressão a atriz Luana Piovanni, no dia 22 de outubro de 2008, em uma boate na Gávea, na Zona Sul do Rio.

O ator foi condenado a 2 anos e 9 meses de prisão em regime aberto pelo 1º Juizado de Violência Doméstica Familiar contra a Mulher do Rio, por lesão corporal.

Segundo Assef Filho, um dos argumentos apresentados no recurso é o questionamento da Lei Maria da Penha que, segundo ele, só se aplica no âmbito da convivência familiar.

O pedido foi encaminhado à juíza Ane Cristine Scheele Santos, do 1º Juizado de Violência Doméstica Familiar contra a Mulher do Rio. Mas, segundo o Tribunal de Justiça do Rio, o pedido ainda não foi recebido.

Processo contra a camareira

Dado também responde a processo por lesão grave contra a camareira Esmeralda de Souza, conhecida como Esmê, no mesmo episódio da boate. Além de Luana Piovani, Esmê também é cliente do advogado Marcelo Quintanilha. Segundo ele, a camareira está em cartaz em São Paulo, com a peça ?Ensina-me a viver?.

Além deste processo em que acaba de ser condenado, Dado responde a outros processos por desrespeitar as medidas protetivas da Lei Maria da Penha de não se aproximar da vítima a menos de 250 metros.

Fonte: g1, www.g1.com.br