Deficiente é morto a facadas; era tio de três irmãos assassinados

Deficiente visual foi assassinado com pelo menos 11 facadas.

Na  quarta-feira, dia 30 de março, um deficiente visual identificado como João Balbino da Silva, de 47 anos, foi assassinado dentro de sua própria residência localizada na comunidade de Várzea Grande, zona rural da cidade de União dos Palmares, no estado de Alagoas. 

Uma testemunha, que preferiu não se identificar, relatou como tudo aconteceu e deu características do suposto  criminoso. “O criminoso era jovem, tinha cabelo moicano e pintado de loiro”, afirmou. O deficiente estava na companhia da esposa e dos filhos quando foi atingido com pelo menos 11 facadas.

O corpo, que  foi encontrado em cima do coxão, foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML). Segundo informações da Polícia Militar, ele era tio de três jovens assassinados em uma emboscada em uma fazenda em maio de 2014

O primeiro, de nome Leandro Ribeiro da Silva, de 23 anos, foi atingido com vários tiros e morreu ainda no local . Os dois irmãos dele, com idades de 13 e 16 anos, foram baleados e morreram após dias internados. 

Faca utilizada no crime
Faca utilizada no crime




Fonte: Com informações do Alagoas 24 Horas‎