Deficiente físico é agredido durante briga de vizinhos na zona Sul de Teresina

Deficiente físico é agredido durante briga de vizinhos na zona Sul de Teresina

O caso está sendo investigado pelo delegado da Delegacia do Parque Piauí, que já ouviu as partes envolvidas na briga.

Uma briga entre vizinhos quase termina em homicídio na Vila Paraíso, zona Sul de Teresina. Uma das vítimas, conhecida por Francisco Antonio, que esteve na manhã desta terça-feira, 15, na 4ª Delegacia do Parque Piauí, afirma que somente se tornou vítima por tentar separar uma briga.

?Eu apenas fui tirar meu sobrinho de uma briga e logo correram para cima de mim arrebentaram a porta da minha casa, eles me furaram. Queriam matar o meu sobrinho a pedradas e pauladas.

De acordo com a vítima, trata-se de uma rixa que vem de longos anos e que pode resultar em morte a qualquer momento. ?Essa rixa é antiga e se não for feito algo, vai resultar em morte. Eram uns sete que partiram para cima de mim.?

Francisco Antonio tem uma deficiência no braço. Ele foi furado no ombro e no braço, além de ser espancado nas costas.

?Eu tenho problema de pressão. Quando eu acordei, minha filha estava desmaiando. Eles têm uma rixa com ela de muitos anos. Eles jogaram pedra na minha porta. Se não me ajudarem, vai ter morte ali porque eles querem matar a gente. Eu não tenho uma outra casa para ir, quero justiça!?, afirmou a mãe, de nome Maria Aparecida.

?Não sei mais o que fazer. Estou com rouquidão de tanto pedir para não matarem a gente. Eu já estava dentro de casa com o meu pessoal todo trancado. Eu não pude fazer nada! Um deles chegou por último, dizendo que ia matar todo mundo?, declarou o pai do deficiente, Francisco Antonio.

O caso está sendo investigado pelo delegado da Delegacia do Parque Piauí, que já ouviu as partes envolvidas na briga.

Fonte: Denison Duarte