Surda-muda é estuprada por três homens dentro de motel em Floriano

Atraves da linguagem de sinais a vítima disse que um dos homens ofereceu bebida alcoólica

O caso de estupro envolvendo uma menor de 15 anos de idade, portadora de deficiências (surda-muda e especial) chocou a população de Floriano na última sexta-feira (22).

Segundo informações, a vítima foi levada a para um motel e violentada por três homens, ainda não identificados.

A polícia informou ainda, que a garota morava com a avô e que durante depoimento apresenatava sinais de embriaguez. Atraves da linguagem de sinais a vítima disse que um dos homens ofereceu bebida alcoólica, depois a colocou no carro e a levou para um quarto, que supostamente teria sido, o quarto de um motel.

O caso foi registrado no 2º Distrito Policial da cidade e o está sendo comandando pelo delegado adjunto Francisco Paulo que vai apurar e esclarecer o caso.

SEGUNDO CASO

O Delegado Maicon Braga do priemeiro distrito policial investiga o caso de uma de 14 anos que foi abusada sexualmente por José Roberto Silva Monteiro.

Em depoimento prestado a polícia, a menor disse que a primeira relação foi forçada e que foi violentada outras vezes pelo mesmo homem.

A jovem está grávida e no quinto mês de gestação voltou a ser agredida pelo acusado.

A menor foi levada ao hospital de Floriano e acabou perdendo a criança por conta das agressões físicas.

Diante da gravidade, o auxílio da juíza, Dr. Sandra Neiva foi solicitado e sensibilizada com o caso, expediu o mandado de prisão,?afirma o delegado Maicon Braga

O mandado de prisão foi cumprido nessa quinta-feira, dia 21. O acusado José Roberto Silva Monteiro foi preso na localidade São Joaquim em Floriano. Depois de ouvido, o acusado foi levado para Penitenciária de Vereda Grande.

De acordo com a polícia, José Roberto Silva Monteiro irá responder pelos crimes de estupro e lesão corporal seguido de aborto.

Fonte: Eugênia Reis