Delegacia de Idosos já possui mais de 700 denúncias no PI

Com a maior atuação da polícia e maior índice de punição dos agressores, a população tem ganhado mais confiança em denunciar

As ações de combate à violência contra o idoso estão mais rígidas em Teresina nos últimos anos. Isso tem possibilitado maior confiança da população e consequentemente tem aumentado o número de denúncias na delegacia especializada. Só nestes primeiros meses de 2013 a Delegacia do Idoso já registrou mais de 700 denúncias de violência contra os idosos.

O delegado titular da delegacia, Armandino Pinto de Moura, afirma que os casos mais comuns de violência contra o idoso ainda são violência doméstica, furtos e estelionato. Nesses casos, ele informa que as pessoas que se sentiram lesadas ou violentadas devem procurar a delegacia do idoso, realizar o Boletim de Ocorrência para que se iniciam as investigações. ?Todos os casos que têm chegado até nós temos dado encaminhamento e com esse trabalho as pessoas têm confiado mais na polícia e têm denunciado mais?, afirmou.

Muitas das denúncias que chegam até a delegacia são anônimas devido ao fato de muitos desses crimes contra idosos acontecerem na própria família. Por conta disso, vizinhos ou parentes acabam denunciando, mas tendo receio de se identificar. A delegacia disponibiliza para a população vários formas de denúncia. Elas podem optar desde as denúncias na própria delegacia até aquelas por e-mail da delegacia [email protected], ou telefone, através do Disque 100 ou de telefone da própria delegacia.

O dia 15 de junho, é a data mundialmente instituída como o da conscientização da violência contra a pessoa idosa. Para marcar as atividades alusivas à este dia, o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa no Piauí, o Centro de Referência e Enfrentamento a Violência contra a Pessoa Idosa, da Secretaria da Assistência da Assistência Social e Cidadania (Sasc), e demais parceiros programam atividades recreativas e educativas que trabalham o tema Terceira Idade no Estado.

Na tarde de ontem houve uma mobilização no cruzamento da Avenida Miguel Rosa com a Joaquim Ribeiro. Hoje a mobilização será na Avenida principal do Conjunto Parque Piauí, a partir das 17h. Já no dia 15 a mobilização acontecerá no canteiro central da Avenida Frei Serafim, próximo ao cruzamento com a Rua Coelho de Resende. A outra atividade acontecerá no dia 18. Será uma caminhada, saindo da Praça João Luís Ferreira até a concentração na Praça Rio Branco.

Fonte: Pollyanna Carvalho