Delegada pede a prisão de acusado de estupro liberado da cadeia

Ela se preocupou com o psicológico da vítima.

A delegada da mulher de Piripiri, Lucivânia Vidal, pediu a prisão preventiva do principal suspeito de estuprar uma jovem de 17 anos na zona rural de Piripiri, no assentamento Nossa Senhora dos Remédios, no último dia 29 de dezembro. O suspeito chegou a ser conduzido à delegacia na segunda-feira (4), porém estava fora do flagrante e não ficou preso, mesmo sendo reconhecido pela vítima e por testemunhas.

A delegada, falou sobre o caso e afirmou ter a certeza de que o homem apontado pelas vítimas é, de fato, o autor do crime. "Após investigações e depoimentos, tenho certeza de que ele é o autor do estupro", disse.

A delegada falou que, com o pedido de prisão preventiva à justiça, pode ser questão de tempo para que o juiz da comarca decrete a prisão do suspeito.

Ainda de acordo com a delegada, além, é claro, da preocupação com o psicológico da vítima, a polícia também se preocupa com a integridade física do suspeito, pois são vários os exemplos de linchamentos feitos pela população. Com a prisão, dá-se uma resposta firme com relação ao crime e mantém o acusado dentro de um limite teoricamente seguro por parte da segurança pública do estado.

Delegada da mulher de Piripiri (Crédito: Reprodução)
Delegada da mulher de Piripiri (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Piripiri Reporter