Depois de três meses preso, jovem prova inocência e ganha liberdade

Rômulo dos Santos foi detido acusado de roubo

Um jovem que mora na região metropolitana de Belo Horizonte, conseguiu provar a inocência e voltou para a casa depois de passar quase três meses preso. Após sofrer com a prisão, o rapaz comemora a liberdade de poder passar o Natal com a família.

Image title

Acusado de roubo, Rômulo dos Santos, de 24 anos, ficou preso na Penitenciária de São Joaquim de Bicas. O marceneiro conta que esteve em uma cela de 30 metros quadrados com mais de 20 homens e para dormir chegou a dividir um único colchão com outro detento.

Santos foi detido depois que dois ladrões assaltaram uma loja de roupas, em Contagem. Eles fugiram, invadiram um conjunto de prédios e entraram no apartamento do rapaz. A polícia prendeu os dois suspeitos e, Santos que também estava na sala de casa, também foi preso.

— Foi um susto muito grande. Eu em senti impotente, não pôde fazer nada. Durante três meses, a família do rapaz se mobilizou para provar a inocência dele. Os amigos criaram uma página em uma rede social pedindo a libertação de Santos.

As imagens do circuito de segurança do conjunto de prédios, que mostra a entrada do jovem e dos suspeitos mais de 20 minutos depois, foram decisivas para provar a inocência dele. Agora, ele quer esquecer este pesadelo, passar o Natal com a família e já buscou na música a vontade de retomar os sonhos e planos que é estudar direito e no futuro se tornar um grande juiz.


Fonte: Com informações do R7