Desentendimento em trem gera polêmica

Confusão teria começado com brincadeira de adolescentes.

Um grupo de adolescentes e crianças se desentendeu com seguranças em um trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) neste fim de semana, na Grande São Paulo.

No início da viagem, duas vigilantes da empresa responsável pela segurança dentro dos trens estavam por perto enquanto os passageiros conversavam e brincavam. Uma das seguranças foi até os adultos que levavam crianças para um parque de diversões na capital paulista e pediu para que eles parassem de provocá-las.

Quando o trem parou na estação Osasco, os rapazes foram puxados para fora. As crianças se desesperaram e uma menina ficou caída no chão do trem, gritando de dor. Um passageiro que viajava no mesmo vagão tentou acalmar os ânimos, mas não adiantou. Um rapaz afirmou ter sido agredido e avançou contra um vigilante. O jovem acabou arrastado pelo pescoço.

Segundo um dos jovens, o tumulto começou por causa de uma brincadeira que ele mesmo fez e que uma agente de segurança que estava nos vagões interpretou como provocação.

?Não houve tempo de explicação porque já abriram a porta puxando para fora eu só falava: ?Por favor, não fala isso porque não tem nenhum vândalo. O vagão está intacto, ninguém fez nada"?, relatou um dos jovens, Douglas Dias Xavier.

A menina que caiu no trem e um padeiro de 72 anos foram levados para o hospital por causa de ferimentos. Os seguranças que acusaram os jovens de ameaça vão ser investigados por lesão corporal. Segundo a CPTM, eles foram afastados. Uma investigação foi aberta para apurar as responsabilidades.

Fonte: g1, www.g1.com.br