Detentas fogem após temporal derrubar muro de presídio em Santa Catarina

Temporal derrubou muro e permitiu a fuga de três detentas

Três detentas fugiram do Presídio de Criciúma depois que um temporal atingiu esta cidade do sul de Santa Catarina na tarde deste sábado. Os ventos, ocasionados pela mudança brusca de temperatura típica do final de verão, deixaram um saldo de dezenas de danos materiais, entre os quais a queda de um dos muros que delimitava o pátio da prisão.



Até o início da noite, Luana Flores de Jesus, Cátia Selena Padilha e Aline Maurício Cruz não haviam sido localizadas pelo time de buscas composto por policiais e membros da equipe do presídio. As três estavam na área aberta do presídio quando, por volta das 14h, o temporal provocou a queda total do muro de concreto.

Afora o muro, o temporal deixou um saldo de cerca de 30 árvores derrubadas, 50 casas parcialmente destelhadas. Um ginásio teve sua estrutura danificada e ruiu. Ninguém ficou ferido ou desalojado.

Fonte: Terra, www.terra.com.br