Detento é assassinado em prisão; arma da polícia é achada em GO

Após conclusão do inquérito policial, o caso será encaminhado ao poder judiciário

Um presidiário foi assassinado a tiros na tarde de quarta-feira dentro da Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia. De acordo com o delegado Maurício Massanabu Kay, outro detento, condenado a mais de 100 anos de prisão, confessou o crime. Na cadeia, foram encontradas duas armas: uma pistola .40, pertencente à Polícia Civil, e um revólver calibre 38.

O delegado acredita que o detento tenha sido contratado por algum inimigo da vítima. "Acredito que ele deve ter sido ser contrato por alguém que tinha interesse na morte dele", afirmou o delegado.

Kay disse ainda que o criminoso cometeu outros cinco homicídios dentro da própria penitenciária. Outro preso, que teria acompanhado a execução, também foi encaminhado à delegacia de polícia para prestar esclarecimentos. Ao ser questionado pela polícia, o autor dos disparos disse que cometeu o crime por rivalidade.

Após conclusão do inquérito policial, o caso será encaminhado ao poder judiciário.

Fonte: Terra, www.terra.com.br