Detentos de Pedrinhas tiveram apoio do próprio diretor da prisão para fugir

Detentos de Pedrinhas tiveram apoio do próprio diretor da prisão para fugir

Detentos de Pedrinhas tiveram apoio do próprio diretor da prisão para fugir

O diretor da Casa de Detenção do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, Cláudio Barcelos foi preso hoje (15) por suspeita de ter recebido dinheiro para facilitar fugas e saídas de detentos da unidade prisional, de acordo com um site nacional.

A fuga de 36 detentos aconteceu na quarta-feira (10). Quatro homens armados roubaram uma caçamba e obrigaram o motorista a atingir o muro da unidade prisional, abrindo um buraco para a fuga dos detentos. Dos que fugiram, apenas três foram recapturados.

Na casa do diretor, foram encontrados documentos, notebooks e até um cartão de crédito em nome de um ex-detento, segundo informações da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Pelo suposto esquema, o diretor permitia que alguns presos fossem liberados para passar alguns dias soltos em troca de propinas, com valores que poderiam chegar a R$ 300 mil. Em alguns casos, os presos não retornavam ao presídio, de acordo com informações do jornal O Imparcial.

“Tudo o que foi apreendido agora vai ser analisado. Surpreendeu o nível da casa [do diretor], das coisas, dos móveis, tudo muito novo, caro", revelou  o superintendente de Investigações Criminais, Luís Jorge. "Ele tinha conhecimento do sistema de fugas e saídas, não combatia e, pior, ainda ajudava", destacou.

O suspeito, que está sob prisão preventiva, poderá responder por corrupção passiva, facilitação de fuga e prevaricação (crime praticado por funcionário público contra a administração pública).

A defesa da Casa de Detenção de Pedrinhas afirmou que não vai se manifestar sobre a prisão do diretor.

Fonte: Brasil Post