Diretor de Penitenciaria é ameaçado de morte por nove detentos

O diretor Agnaldo Lima Matos foi ameaçado por nove detentos.

O Diretor da Penitenciaria Regional Luis Gonzaga Rebelo da cidade de Esperantina, a 188  km de Teresina, Agnaldo Lima Matos,  foi ameaçado de morte por nove detentos que tentaram, sem sucesso, empreender fuga e foram interceptados por agentes de plantão no domingo, dia 31 de julho.

De acordo com o diretor, o chefe de Disciplina da Penitenciaria, identificado como Rondinei Amorim Araújo, também foi ameaçado de morte. Os dois registraram Boletim de Ocorrência na sede da 13ª Delegacia de Policia Civil de Espeantina. As ameaças de morte foram proferidas pelos seguintes detentos:

Francisco Ismael Gomes;  Cleiton dos Santos;  Marcio Brito Silva;  Maurício Barros da Silva;  Caio Oliveira da Silva;  Antonio de Sousa Silva;  Lê Anderson do Nascimento Lima;  Edson Rodrigues da Silva; 

Kleiton Holanda, vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), falou sobre a tentativa de fuga ocorrida no domingo.  "O fato ocorreu por volta das 14h de ontem, domingo. Os agentes penitenciários ouviram barulho dos detentos que ainda começaram a serrar as barras da grade e foram imobilizados logo em seguida. Temos informações de que foram nove, mas todos foram interceptados", afirmou.

Fonte: Portal Meio Norte/ Com informações do Jornalesp