Dirigentes do Ibama presos em Fortaleza são afastados de seus respectivos cargos

A operação investiga suspeitas de corrupção, prevaricação, tráfico de influência

O superintendente estadual do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renov?veis (Ibama) no Cear?, Raimundo Bonfim Braga; e o chefe do Escrit?rio Regional do Instituto, em Aracati, Ant?nio C?sar Rebou?as, foram afastados preventivamente pelo presidente do Ibama, Roberto Messias Franco, conforme publicado na p?gina 42 da 2? se??o do Di?rio Oficial da Uni?o de 31 de outubro.

Os dois servidores, assim como a secret?ria municipal de Meio Ambiente, Daniela Valente Martins e o titular da Superintend?ncia Estadual do Meio Ambiente (Semace), Herbert Vasconcelos Rocha, foram presos pela Pol?cia Federal, durante a ?Opera??o Marambaia?.

Raimundo Bonfim foi detido na noite da ter?a-feira, 28 de outubro, no aeroporto de Guarulhos (SP), e libertado no dia 31. Ant?nio Rebou?as e os outros gestores foram presos em Fortaleza, na manh? da quarta-feira (29). Daniela Valente e Hebert Rocha foram soltos no mesmo dia e o chefe do Escrit?rio do Ibama, em Aracati, foi libertado na sexta-feira.

A opera??o investiga suspeitas de corrup??o, prevarica??o, tr?fico de influ?ncia e quebra do sigilo funcional para a concess?o de licen?as ambientais para empreendimentos imobili?rios e tur?sticos. A PF tamb?m cumpriu 14 mandados de busca e apreens?o.

Fonte: Diário do Nordeste