Dois integrantes de quadrilha morrem em troca de tiros com a polícia do DF

O grupo praticava roubos e explodia caixas eletrônicos no DF e no Entorno

A Polícia Civil do Distrito Federal desmantelou, na madrugada desta terça-feira (8/10), uma quadrilha que atuava no Distrito Federal, no Entorno e em mais cinco estados. Segundo a polícia, duas pessoas morreram durante a ação, em Valparaíso. Thiago Diegas dos Santos e Cícero Almires Marques de Siqueira, o Tatu, foram atingidos e não resistiram aos ferimentos. A Operação Ocidente, do Departamento de Repressão contra Roubos e Furtos (DRF), contou com a participação de agentes da Divisão de Operações Especiais (DOE).

De acordo com a polícia, além do DF e Goiás, a quadrilha praticava explosões de caixas eletrônicos na Bahia, Tocantins, Paraíba, Pará e Minas Gerais. Onze integrantes do grupo foram presos desde junho deste ano, após meses de investigações, iniciadas em janeiro. Três pessoas morreram em confrontos com a polícia e um quarto bandido foi morto durante a explosão de um terminal eletrônico na Bahia.

delegado da DRF, Fernando César da Costa, disse que a polícia recebeu a informação que Thiago e Cícero pretendiam roubar um caixa eletrônico de uma padaria de Valparaíso. Agentes foram até o local, onde os criminosos, fortemente armados, reagiram à abordagem policial. Durante a operação, armas de grosso calibre foram apreendidas.

Fernando informou ainda que a dupla havia praticado um homicídio na noite dessa segunda-feira (7/10), na Cidade Ocidental e trocaram tiros com a Polícia Militar. Os bandidos descarregaram duas pistolas na vítima. Antes do massacre, os criminosos ordenaram que a vítima soltasse uma criança que segurava no colo. A dupla mandou a criança correr e começou a disparar.

Fonte: Correio Web