Dois serão indiciados por denunciar roubo de bilhete da Mega da Virada

Eles reivindicavam serem os donos de um dos bilhetes premiados no sorteio de final de ano

A Polícia Civil do Paraná vai indiciar dois homens que disseram ser verdadeiros donos do bilhete da Mega Sena da Virada que foi sorteado em Curitiba (PR), garantindo um prêmio de R$ 56 milhões ao sortudo. Eles serão indiciados por denunciação caluniosa ou falsa comunicação de crime pela Delegacia de Furtos e Roubos.

A Caixa Econômica Federal repassou à polícia as imagens das câmeras de segurança da lotérica onde foi registrado o bilhete premiado. A aposta foi feita no dia 30 de dezembro. O primeiro caso de denúncia do furto do bilhete foi registrado por meio de boletim de ocorrência. Um homem que alegava que o bilhete tinha desaparecido antes do Natal, quando ele deixou o carro para lavagem. Ele dizia ter deixado o bilhete guardado dentro do veículo.

Com a divulgação do caso, surgiu um segundo homem que também alegava o furto do bilhete na mesma situação da primeira ocorrência. Ele não registrou o boletim de ocorrência. No entanto, o advogado dele fez uma petição e entregou na Delegacia de Furtos e Roubos.

Fazer uma falsa denúncia é um crime que prevê pena de dois a oito anos de reclusão, enquanto quem faz a comunicação falsa de um crime pode ser condenado a seis meses de detenção.

Fonte: Terra