Dona-de-casa é morta pelo ex-marido em Fortaleza

Segundo as primeiras investigações, o assassinato foi motivado por uma suposta vingança

Subiu para cinco o número de mulheres vítimas de assassinato, este ano, no Ceará. O quinto crime de morte foi registrado, ontem, no Município de Mombaça (a 296Km de Fortaleza), na Região dos Inhamuns. A dona-de-casa Maria Marques da Silva, 38, foi morta, a tiros, pelo ex-companheiro, Francisco Gerson Lourenço de Pádua, 28, que está foragido e sendo caçado pela Polícia naquela região.

Segundo as primeiras investigações, o assassinato foi motivado por uma suposta vingança. Há dois anos, Gerson teria sofrido um atentado, a tiros e facadas, praticado pela ex-companheira. Ontem, ao saber que ela estava na localidade de Sítio Catolé do Mosquito, a cerca de 50 quilômetros da sede do Município de Mombaça, decidiu ir até lá.

Era por volta de 15 horas quando o casal se encontrou no sítio. Logo, Gerson sacou de um revólver e efetuou vários disparos. Pelo menos, três tiros atingiram o tórax da dona-de-casa, que teve morte imediata. Em seguida, o homicida fugiu. A Polícia Militar foi avisada através de moradores da localidade, mas quando chegou ao palco do crime o homicida já havia desaparecido.

Ainda ontem, a Delegacia de Polícia Civil de Mombaça abriu inquérito para apurar o crime, arrolando testemunhas que irão prestar depoimento nos próximos dias.

Outros casos

Com a morte de Maria Marques da Silva, agora já são cinco mulheres assassinadas no Ceará, em 2009. A primeira vítima foi Cristiane Araújo de Lima, 28, atingida, a tiros, na manhã do dia 3, em sua residência, no bairro Castelo Encantado, na Zona Leste da Capital. O acusado é o ex-marido dela, que fugiu.

Cristiane ainda foi socorrida pelos vizinhos e levada para a emergência do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), no Papicu, onde morreu.

No mesmo dia, à noite, a vendedora Francisca Barbosa da Silva, 30, também foi assassinada. O crime aconteceu no Município de Crateús (a 354Km de Fortaleza). Francisca foi assassinada, com uma facada no peito, desferida pelo

Fonte: Diário do Nordeste