Dona-de-casa morre durante tiroteio em Fortaleza

Ela foi atingida na cabeça por uma bala disparada durante tiroteio

As balas perdidas provocaram a quarta morte, este ano, no Ceará. O fato mais recente ocorreu anteontem à noite. A dona-de-casa Antônia Regina Gomes de Oliveira, 33, caminhava pela calçada com uma criança de três anos sentada sobre seus ombros, quando foi atingida na cabeça por uma bala disparada durante tiroteio entre bandidos e Polícia, no município de Pacajus (a 51 quilômetros de Fortaleza).

Regina seguia para a casa de sua família, no bairro Aldeia Parque, com sua companheira, Maria de Jesus Pereira Nunes, e duas crianças. Uma delas - o filho de Maria - estava nos ombros de Regina. ?Foi tudo muito rápido. O carro passou com velocidade pela gente e ouvimos os tiros. De repente a Regina estava no chão. Meu filho caiu junto com ela, mas felizmente não se feriu´, lembrou Maria. O veículo a que ele se referiu foi um Santana azul utilizado pelos bandidos.

O tiro que atingiu Regina saiu do meio de um tiroteio entre quatro assaltantes armados e policiais militares da 5ªCompanhia do 1ºBPM, sediada em Pacajus. Os PMs daquela cidade já estavam em alerta para uma série de assaltos que vinham ocorrendo na região.´

Assaltos

?No domingo, entre 10 e 14 horas, dois roubos a estabelecimentos comerciais foram registrados. Quando recebemos a informação do terceiro roubo, contra clientes de um bar, já às 18h30, saímos em disparada à procura dos assaltantes?, contou o cabo PM Deoclécio, motorista da viatura que se deparou com os quatro assaltantes. Também estavam no veículo o sargento Iran e os cabos Abelardo e Abreu.

A PM encontrou a quadrilha em fuga. ?Nossa equipe foi recebida a tiros e, durante a perseguição, os bandidos não pararam de atirar?, ressaltou o major Sérgio Bezerra, comandante da Companhia da PM local. Após alguns minutos de perseguição, os policiais militares acertaram um dos pneus do Santana que era ocupado pelos assaltantes. Três deles foram presos: Antônio Valdécio Lopes da Silva - microempresário da região -, Joares Cruz de Araújo, conhecido como ´Joarilson´, e o adolescente L.F.M., 17.

Em poder do trio foram apreendidos dois revólveres de calibre 38 com toda a munição deflagrada e objetos de clientes do bar que tinha sido assaltado. ?Temos informações de que uma terceira arma foi abandonada durante a perseguição e a quarta está em poder do único assaltante que escapou da prisão´, ressaltou Deoclécio.

Os dois assaltantes adultos foram autuados em flagrante pelo delegado Marcelo Moura de Almeida, titular da Delegacia de Pacajus. ?Estamos entrando em contato com o promotor de Justiça desta comarca para que possamos receber autorização legal para recambiar o adolescente apreendido para Fortaleza, porque aqui em Pacajus não contamos com uma unidade específica para recolhimento de adolescentes infratores?, explicou o delegado.

Sobre a morte da dona-de-casa, o delegado falou com reserva. ?Vamos aguardar os laudos do Instituto Médico Legal (IML) e da Perícia que poderão nos esclarecer sobre a bala que atingiu a mulher?, disse.

Justiça

Na casa de Regina, o clima era de revolta e consternação, ontem pela manhã. Familiares aguardavam a chegada do corpo da dona-de-casa para ser velado em uma capela da cidade. ?Queremos Justiça. É a única coisa que podemos pedir, neste momento?, desabafou Oládia Oliveira, sobrinha da vítima. Na edição de ontem, o Diário do Nordeste mostrou, em reportagem especial, os casos de mortes por balas perdidas ocorridas em Fortaleza e Região Metropolitana este ano.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br