Dono de academia é feito refém e morto a tiros na frente da mulher

Os assaltantes colocaram vendas nos olhos de Felipe,

Dois bandidos mataram Felipe Lavina Machado, de 27 anos, dono de uma academia no Rio de Janeiro. Armados, eles entraram na casa da vítima e roubaram roupas, celulares e o dinheiro que o professor de educação física guardava em um cofre.

Image title

Logo em seguida, os assaltantes colocaram vendas nos olhos de Felipe, em sua namorada e os levaram até  Nova Iguaçu, onde mataram o professor com três tiros na frente da sua parceira. Em outra rua, abandonaram a mulher.

Em depoimento, a moça, que não teve a identificação revelada, contou que os bandidos sabiam detalhes da casa de Felipe, inclusive a existência do cofre. A Polícia acredita que a porta estava destrancada, o que facilitou o acesso dos bandidos, porque a perícia não identificou nenhum sinal de arrombamento.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Felipe Lavina: familiares já foram ouvidos e o corpo encaminhado ao IML. No local, foi realizada a perícia e os agentes estão em buscas de testemunhas que ajudem nas investigações.

Fonte: Com informações do R7