Bandidos torturam e matam dono de sítio valioso dentro de sua propriedade

Família acredita que a motivação do crime foi a plantação de uma espécie em extinção de palmito

O aposentado de José Freire, conhecido como Lupi, de 78 anos, foi encontrado morto dentro do sítio onde vivia sozinho em Miracatu, interior de São Paulo. Amigos e parentes acreditam que o homem foi vítima de grileiros da região. A Polícia Militar ainda não tem pistas sobre os assassinos.



O terreno onde Lupi vivia é grande. São oito hectares,o equivalente a 40 campos de futebol, e palmitos Jussara ? extinto e cujo corte é proibido por lei e é crime inafiançável.

Além da espécie rara de palmito, no local há nascentes de água potável em meio à mata atlântica nativa.

A família só descobriu quando um sobrinho foi até o local levar um presente

? Cheguei e encostei o carro nesta área. Já vi a porta aberta, arrombada, então em um primeiro momento eu fiquei com medo de entrar e me deparar com o pior. Eu chamei por ele e não tive nenhuma resposta. Então eu decidi procurar fora da casa.

O sobrinho acredita que os assassinos tenham agido à noite: ? A gente desconfiou porque encontramos comida fresca, inclusive a luz do quarto estava acesa.

As equipes de investigação se dividiram em duas partes devido ao tamanho do local. Em menos de 10 minutos de busca o aposentado foi encontrado amarrado pelos pés e mãos em uma árvore e com sinais de tortura. Segundo a PM, ele estava ali há pelo menos dois dias.

De acordo com o laudo do IML (Instituto Médico Legal), ele não morreu por causa dos ferimentos, mas porque os braços levantados, o que dificultou a circulação sanguínea causando uma parada cardíaca. Ele também foi enforcado e teve traumatismo craniano.

O sobrinho não acredita em assalto:

? A sensação que a gente tem é que não foi um assalto, até porque não levaram dinheiro. Pode ser por conta do palmito.

Uma testemunha, que não quis ser identificada, afirmou que a região é conhecida por ter muitos ?grileiros? ? denominação usada às pessoas que se apropriam de terras ilegalmente

? Nesse lugar tem muita terra grilada. A maioria das terras não tem documentos, é tudo invadido.

Segundo o sobrinho, Lupi preservava o local com carinho:

? Cuidava disso aqui com unhas e dentes.

Fonte: r7