Duas pessoas serão indiciadas por acidente com barco em Manaus

Duas pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil nesta quarta-feira pelo tombamento de uma embarcação com 185 pessoas a bordo

Duas pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil nesta quarta-feira pelo tombamento de uma embarcação com 185 pessoas a bordo, ocorrida na tarde de ontem (21), em Manaus (AM). Duas pessoas morreram no acidente: Andreza de Amorim, 8, e Maria Alvarenga Farias, 71.

Segundo informações da assessoria da Polícia Civil, foram indiciados o comandante do barco, Manuel Benicio da Rocha, e o dono da embarcação, Edson Carvalho de Souza. Ambos foram indiciados por atentado contra a segurança de transporte marítimo.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os dois se apresentaram espontaneamente na tarde de ontem. Um homem que realizava a troca do leme da embarcação no momento do acidente também deve ser ouvido pela polícia e pode ser indiciado. Ele não tinha sido localizado até as 13h30 desta quarta.

Os bombeiros permanecem no local do acidente e realizam, com a ajuda de um guindaste, o trabalho de desvirar o barco. O coronel Mário Belota, do Corpo de Bombeiros, estava no local no horário e afirmou ser improvável que haja mais vitimas. Segundo ele, nenhum passageiro resgatado relatou o desaparecimento de parentes ou amigos que estariam na embarcação.

Mesmo assim, as buscas continuam com 60 homens do Corpo de Bombeiros, sendo 20 mergulhadores. O coronel também informou que nenhum passageiro resgatado precisou ser hospitalizado ou apresentou ferimentos.

Acidente

O acidente ocorreu na foz do igarapé do Educandos, nas imediações do rio Negro, quando o barco era atracado a uma "carreira", estaleiro no qual se fazem pequenos reparos. A embarcação Carolina do Norte tinha como destino Santarém (PA), e o leme quebrou ainda quando saía do porto.

Devido ao problema, o barco foi rebocado e teve a traseira suspensa para que fosse avaliado. Na ocasião, os passageiros teriam se deslocado para um dos lados da embarcação, o que provocou o tombamento, de acordo com informações preliminares.

"A embarcação era bem nova, mas teve um problema mecânico logo no início da viagem. Eles retornaram e tentaram colocá-la na carreira com todos os passageiros dentro. Na manobra, o barco virou", disse Antônio Dias dos Santos, comandante do Corpo de Bombeiros. A Capitania dos Portos iniciou ontem a perícia no local.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br