Dupla acusada de matar policial é executada dentro de cadeia

Cerca de 20 homens armados invadiram o local e matram os dois.

Dois homens identificados como Chareles Souza Oliveira Guedes e Weldon Souza Oliveira, foram executados dentro de uma cadeia localizada na cidade de Colméia, a 206 km de Palmas, no estado de Tocantins. O delegado Hélio Domingos de Assis informou que os dois são acusados de envolvimento na morte de um policial militar no último domingo dia 03.

O sargento morto, identificado como Paulo Pereira da Silva, foi alvejado com um tiro na cabeça, não resistiu e morreu no local. Um outro policial, de nome Josafá Ferreira de Araújo, estava presente e acabou atingido, mas não morreu. Segundo o delegado, os dois foram separar uma briga quando houve os disparos. 

"Em frente ao local da festa tem uma praça, onde ficam usuários de drogas. Em um determinado momento aconteceu uma briga e os policiais foram chamados para conter", disse o delegado. 

O delegado diz que o policial foi assassinado com  a própria arma que caiu e foi pega por um dos acusados. "Neste momento, os dois policiais foram cercados. Um dos usuários empurrou o sargento Paulo e a arma dele caiu. Neste momento, um deles pegou a arma e atirou na cabeça do policial", acrescentou. 

Chareles Souza Oliveira Guedes e Weldon Souza Oliveira, que podem ser irmão, foram presos. Na ação ocorrida hoje, cerca de 20 homens fortemente  armados e encapuzados invadiram o local onde eles estavam presos e realizaram a execução. 

Agentes que estavam de plantão foram obrigados a se deitar no chão; os criminosos fugiram e não foram presos.

 Chareles Souza Oliveira Guedes e Weldon Souza Oliveira
Chareles Souza Oliveira Guedes e Weldon Souza Oliveira





Fonte: Com informações do G1