Bandidos levam R$ 16 mil de comerciante na zona Norte

Bandidos levam R$ 16 mil de comerciante na zona Norte

A equipe do 9º Batalhão junto com a 7ª Delegacia continua trabalhando na captura desses bandidos.

Policiais da 7ª Delegacia de Polícia do Parque Alvorada, Zona Norte da capital, estão investigando um assalto ousado. Uma dupla fez um assalto levando da vítima mais de 16 mil reais, quando a mesma estava em um estabelecimento comercial no Parque Alvorada, próximo ao bairro Mafrense.

A polícia continua trabalhando nas investigações e apreendeu inclusive as motos utilizadas pelos dois assaltantes no momento da ação. O que mais chamou a atenção da população e da própria polícia foi que os dois bandidos haviam chegado armados na moto, desceram se aproximando do estabelecimento comercial onde a vítima estava, anunciaram o assalto e levaram 16 mil reais da vítima. Contudo, mas quando retornaram a moto para empreender fuga, uma terceira pessoa viu que se tratava de um assalto e retirou o cachimbo da moto sem que eles percebessem e com isso o veículo não funcionou sendo abandonada pelos bandidos, que tomaram outra moto de assalto.

A polícia já recuperou o segundo veículo roubado e já devolveu a moto para a proprietária. A equipe do 9º Batalhão junto com a 7ª Delegacia continua trabalhando na captura desses bandidos.


Dupla de assaltantes rouba R$ 16 mil de vitima na zona norte de THE

?Eles pegaram na fuga outra moto de assalto porque a que eles estavam conduzindo não funcionou. Nós já fizemos o levantamento da placa do veículo abandonado e descobrimos que é do município de Timon placa NXK-6823 e não há registro de roubo e furto do veículo, então é possível que os assaltantes envolvidos tenham alguma ligação com o proprietário do veículo, estamos investigando?, explica o investigador da Polícia Civil.

De acordo com as alegações da vítima, ele estava portando esse valor de 16 mil reais porque havia acabado de sair do seu comércio quando resolveu parar no bar e acabou sendo alvo dos bandidos. ?Acredita-se que eles já sejam conhecidos da polícia, com passagem e tudo, mas até agora não iremos divulgar mais informações para não atrapalhar o andamento das investigações?, finaliza o agente policial.

Fonte: Marcilany Rodrigues