Dupla é acusada de abusar de 7 meninas em Fortaleza

O flagrante ocorreu quando uma turista deparou com os dois acariciando as crianças

A denúncia de uma banhista levou policiais militares a prenderem, em flagrante, ontem à tarde, em plena Praia do Futuro, dois homens que estavam acompanhados de sete crianças, meninas com idades entre quatro e 11 anos. As garotas, todas moradoras de uma favela próxima à praia, estavam sendo molestadas pelos dois homens, segundo confirmou a Polícia, pelo pernambucano Geraldo Vieira Silva, 58, desempregado; e pelo cearense Renato de Sena Lima, 34, que afirma ser torneiro mecânico.

O flagrante ocorreu quando uma turista (identidade preservada) passeava pela areia da praia e se deparou com os dois homens que, segundo ela, acariciando as partes íntimas das meninas. Uma patrulha da Força Tática de Apoio (FTA), da 1ª ompanhia do 5º BPM,composta pelos soldados Adriano Façanha, Moura, G. Silva e Venâncio, se dirigiu ao local e deteve os suspeitos. O pernambucano estava na areia da praia acompanhado de três meninas. Já o cearense foi encontrado dentro d´água com as outras quatro garotas. Ele é padrasto de uma delas e afirma que a levou para um passeio na praia junto com as coleguinhas.

Os dois homens negaram as acusações. O pernambucano disse que sequer conhece o cearense. Mas, as meninas mais velhas confirmaram as carícias íntimas. Duas delas disseram também aos PMs que Renato já havia feito aquilo anteriormente. A dupla foi encaminhada ao plantão do 2º DP (Aldeota) junto com as crianças.

Flagrante

Depois de ouvir todos os relatos, o delegado plantonista, Marx Quaresma, decidiu autuar em flagrante os acusados, por crimes de atentado violento ao pudor, presunção de violência, agravado com o concurso de pessoas. As crianças foram examinadas no IML e entregues aos pais.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br