Dupla é presa após fazer crianças como reféns durante um assalto em Fortaleza

A vítima foi trancada em um cômodo da residência com a esposa e duas crianças

Dois homens, integrantes de uma quadrilha, foram presos em flagrante, na noite da última terça-feira (31), depois de invadirem mais uma residência na Cidade dos Funcionários e fazerem reféns seis pessoas, dentre elas, duas crianças. O grupo, formado por quatro homens armados, rendeu o dono da casa, logo na porta, e invadiu a residência.

A vítima foi trancada em um cômodo da residência com a esposa e duas crianças. Em seguida, seu sogro e cunhado também foram feitos reféns. Os bandidos saíram recolhendo objetos de valor e colocaram no automóvel do dono da casa, um Honda Civic.

Policiais da Força Tática de Apoio da 4ªCompanhia do 5º

BPM (Luciano Cavalcante) receberam da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) um chamado para o local em que ocorria o roubo com restrição de liberdade das vítimas. Quando os policiais se aproximaram do local ouviram dois disparos dentro da casa. A Polícia cercou o local e um dos bandidos tentou fugir com o carro da vítima.

Prisões

Antônio Ribeiro de Sousa Júnior foi preso quando tentava escapar. Debaixo do banco do passageiro a Polícia encontrou uma pistola de calibre 380 com oito cartuchos intactos. Logo em seguida, policiais do grupo Raio (Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas) conseguiram capturar Francinélio Oliveira Silva nas proximidades do local. Com ele foi apreendida uma faca peixeira. Segundo o delegado Bruno de Figueredo, titular do 30ºDP (Conjunto São Cristóvão), onde foi feito o auto de prisão em flagrante, os dois presos já têm antecedentes criminais por prática de roubo.

A Polícia apreendeu ainda um revólver de calibre 38 com dois cartuchos intactos e dois deflagrados. Os objetos roubados da residência - uma mesa de som, microfone, notebook, video-game, teclado, além de R$ 800,00 em espécie - foram recuperados pela PM.

A Polícia não descartou a possibilidade de que os bandidos presos ontem façam parte do mesmo bando que, há duas semanas, atacou outra residência na Cidade dos Funcionários. O ´alvo´ dos ladrões foi a casa de um coronel da Polícia Militar do Ceará. Os criminosos agiram com o mesmo ´modus operandi´, isto é, atacaram a vítima quando esta chegava em casa acompanhada da esposa. O militar, a mulher e outras pessoas foram mantidas como reféns, mas um filho do coronel se escondeu dentro da casa e ligou para a Ciops.

Em poucos instantes, a residência do militar foi cercada por policiais da FTA da 4ª Cia/5ºBPM. Parte da quadrilha conseguiu fugir em um carro de cor vermelha. Outra parte foi capturada após uma rápida troca de tiros.

Segundo o comandante do Policiamento da Capital (CPC), coronel PM Sérgio Costa, as companhias pertencentes ao 5º

e 6º BPM - responsáveis pela ação ostensiva na Capital e Região Metropolitana - estão atuando com mais presença nas ruas e isto, segundo ele, tem contribuído para o aumento de prisões em flagrante, de assaltantes e mesmo cidadãos que portam armas de forma ilegal. Ele frisou que as operações são determinadas pelo comandante-geral da PM, coronel Willian Alves Rocha.

Ontem à tarde, a PM foi mobilizada para um assalto a um canteiro de obras no interior do Campus da Universidade Federal do Ceará, no Benfica. Segundo dados da Ciops, dois homens, em uma moto de cor preta, assaltaram o local onde funcionários de uma construtora iriam receber seus salários.

A fuga

A dupla, conforme o relato das vítimas, estava armada com revólveres. Os operários, no entanto, disseram que não reagiram. Os ladrões apanharam o dinheiro e, sem seguida, fugiram na moto preta em direção ao Centro da cidade pela Avenida da Universidade. Ninguém foi preso.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br