Dupla mata dono de restaurante por desperdício de comida

Dupla mata dono de restaurante por desperdício de comida

Comerciante avisou dois clientes sobre regra de não desperdiçar comida. No restaurante, come-se à vontade; condição é não deixar sobras no prato

O dono de um restaurante de Planaltina, no Distrito Federal, foi assassinado nesta terça-feira (15) porque chamou atenção de clientes que deixaram comida no prato. O assassinato ocorreu às 14h. Foram três tiros disparados contra o comerciante de 46 anos.

No estabelecimento, o cliente pode comer à vontade e pagar R$ 7,99. A condição é não deixar sobrar comida. E foi exatamente essa regra o motivo do crime.

Segundo a polícia, dois rapazes almoçaram e deixaram sobrar comida no prato. No dia seguinte, voltaram para almoçar novamente e foram avisados pelo dono que não podia haver desperdício. Eles não teriam gostado do recado, saíram do restaurante e retornaram uma hora depois para matar o comerciante.

"Os autores falaram que não ia ficar barato e que eles iriam voltar. Uma hora depois, eles compareceram ao local. Um efetuou os disparos de arma de fogo", conta o delegado Marco Aurélio.

O restaurante fica a menos de 300 metros de um posto da PM, mas os rapazes conseguiram fugir em um carro. Para a família, a ausência da polícia facilitou o crime. ?Está todo mundo assustado e chocado com a violência. Esse posto vive fechado. Quando precisamos, não tem ninguém?, diz um parente da vítima que não quis ser identificado.

O comerciante deixa mulher e três filhos. Ex-motorista de ônibus, havia montado o restaurante há pouco mais de um ano. A Polícia Civil procura os assassinos do dono do restaurante. A ordem de prisão em flagrante vale até o fim da tarde desta quarta.

Fonte: G1