Durante assalto, estudante da USP é baleada no rosto

Durante assalto, estudante da USP é baleada no rosto

Camila seguia pela Avenida Escola Politécnica rumo a Cotia quando foi abordada em um semáforo.

A estudante Camila Fernandes da Silva, 22 anos, que cursa Ciências Biológicas na Universidade de São Paulo (USP), na zona este da capital paulista, foi baleada por volta das 22h50 de quinta-feira durante uma tentativa de assalto. Segundo a Polícia Militar, a bala teria atingido o rosto da jovem, que ligou para casa e aviou a mãe - que, por sua vez, acionou a PM.

Camila seguia pela Avenida Escola Politécnica rumo a Cotia, onde mora, quando foi abordada em um semáforo. Um outro estudante viu o carro parado com o pisca-alerta ligado e, desconfiado, foi verificar. Ao notar o incidente, ele socorreu a estudante, levado-a para o pronto-socorro do Hospital Sarah Kubitschek, que fica perto do local do crime.

Camila foi transferida para o Hospital das Clínicas, onde permanece internada e, de acordo com familiares, Camila está consciente e não corre risco de perder a vida, segundo informações da rádio CBN. O pai da aluna, Carlos Fernandes da Silva, disse que ela geralmente vai para a faculdade acompanhada de uma amiga, por questões de segurança, e que mudou a rotina justamente nessa quinta-feira, ao ir com o próprio carro. Ele acredita que ela não reagiu.

A Polícia Civil trata o caso como tentativa de assalto, e o caso está sendo conduzido pelo 14º Distrito Policial, de Pinheiros. Ainda não se sabe quantas pessoas participaram do crime.

Fonte: Terra