Durante assalto, filha tenta defender mãe e acaba assassinada a facadas

Mulher de 37 anos interferiu em assalto e levou facadas no tórax e abdome.

Uma mulher de 37 anos morreu e a mãe dela, de 57 anos, ficou ferida durante um assalto na noite desta quinta-feira (29), na cidade de Água Boa, a 736 quilômetros de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, um rapaz de 29 anos invadiu a casa das vítimas, ameaçou a mulher de 57 anos e exigiu dinheiro. A filha da vítima tentou defendê-la e morreu esfaqueada pelo suspeito.


Durante assalto, filha tenta defender mãe e é morta a facadas em MT

O latrocínio foi registrado na Rua 15, esquina com a Avenida Roncador, Bairro Guarujá. A PM informou que o rapaz invadiu a casa da família durante a noite. Quando a jovem viu que a mãe foi rendida, tentou interferir no assalto.

?Ele [o suspeito] estava armado com uma faca e rendeu a mulher, levando pros fundos do local, exigindo dinheiro. A filha da vítima foi tentar tirar a mãe das mãos dele. Por ele estar nervoso e descontrolado, ele aplicou um golpe na altura do tórax e do abdome da jovem?, disse o major comandante adjunto da PM, Naildo Guedes.

Mesmo sendo ferida, a jovem insistiu em salvar a mãe e levou mais facadas. A mulher também tentou se soltar e foi atacada com uma facada no peito. O assaltante levou um celular das vítimas e fugiu do local. Um vizinho ouviu o barulho e o grito de uma das vítimas e chamou a PM. O rapaz foi preso fugindo a pé e ainda com a faca na mão.

Familiares encaminharam mãe e filha para o Hospital Regional de Água Boa. A mãe apresentava uma perfuração no peito e está com o estado de saúde estável, fora de perigo. Já a filha dela não resistiu e morreu durante a madrugada desta sexta-feira (30).

"Ele [o suspeito ] estava em progressão de regime pelo crime de estupro em Vila Rica [cidade a 1.276 quilômetros de Cuiabá]. O assaltante alegou que não foi para matar nem roubar, mas para tirar satisfação com o filho da comerciante, por uma briga antiga. Mas a comerciante negou e afirmou que ele já chegou exigindo dinheiro", completou o major.

O rapaz é usuário e traficante de drogas e foi encaminhado ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) de Água Boa. Ele deve ser ouvido pela Polícia Civil e transferido para a Cadeia Pública.

Fonte: G1