"É o fim, que Deus me abençõe",disse homem antes de matar a família

Após matar a família a facadas e marteladas, ele se suicidou.

Um homem identificado como Valdemir da Silva matou a esposa e a sogra com golpes de faca e de martelo dentro de casa na região metropolitana de Porto Alegre. De acordo com informações da polícia, o suspeito cometeu o crime porque não aceitava o fim do relacionamento. Após o duplo assassinato, ele se matou.

O crime foi descoberto pelo filho de Rosa Maria Lopes Nunes, de 58 anos. Ele visitou a mãe no último sábado. No dia seguinte, ele tentou ligar para ela mas não conseguiu, como na estava obtendo respostas ele se dirigiu até a casa dele e sentiu um forte cheiro. Assim que entrou no local achou a mãe morta.

Em seguida encontrou o corpo da irmã Simone Lopes Nunes Pires, de 32 anos, e do cunhado. A mulher foi assassinada a facadas e estava com uma corda no pescoço e o cunhado tinha cometido suicídio.

A perícia pode ajudar a polícia a descobrir em que dia ocorreu a tragédia. Em uma rede social, Silva escreveu que se sentia decepcionado com Simone. Ele não aceitava o fim do casamento. Em outra mensagem, na mesma semana em que cometeu o crime, Silva indicava que tinha tomado uma decisão. De acordo com a polícia, o crime foi premeditado.

Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)


Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Acusado matou mulher e a sogra a facadas (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do R7