Eliza Samudio pagou R$ 4 mil por passaporte e está na Bolívia, afirma advogado de Bruno

Eliza Samudio pagou R$ 4 mil por passaporte e está na Bolívia, afirma advogado de Bruno

Advogado do ex-goleiro Bruno faz revelações e defende seu cliente, que é acusado de matar ex-amante.

Acusado de ter participado do sequestro e da morte de Eliza Samudio, o ex-goleiro Bruno será julgado no próximo dia 19. O advogado do atleta, Francisco Simim, fez uma forte revelação ao MAIS.

"Ela (Eliza) foi para Governador Valadares (MG) e pagou R$ 4 mil para conseguir um passaporte falso. Com isso, ela foi para a Bolívia e ficou em uma cidade chamada Guayaramirin. O nome dela hoje é Olívia Guimarães Lima e está em algum lugar no mundo."

As informações não param por aí. De acordo com o advogado, "a bomba" foi passada por Luiz Henrique Timóteo, que teve dois filhos com a mãe do ex-jogador, já falecida.

"Este padrasto do Bruno está preso, é um detento federal, estelionatário e me passou tudo. Ele será uma de nossas bombas no julgamento. Tenho plena confiança de que vamos levar essa."

Bruno está preso desde 2010.

Fonte: Terra