Em 3 dias, 12 ônibus e 10 postos policiais são atacados por criminosos em Salvador

Durante o jogo da seleção brasileira, na noite de quarta (9), não houve incidentes

Companhias da Polícia Militar voltaram a ser protegidas por barricadas, em Salvador, nesta quinta-feira (10). Durante o jogo da seleção brasileira, na noite de quarta (9), não houve incidentes. Mas os ataques continuaram no fim da noite.

Na quarta, mais um ônibus foi incendiado, na periferia da capital baiana. O motorista e o cobrador conseguiram escapar. E três postos da polícia foram metralhados. Um deles chegou a ser parcialmente destruído por uma bomba caseira.

Em três dias de atentados, 12 ônibus foram incendiados e dez postos, atacados. A suspeita é de que as ações tenham ligação com a transferência de um traficante para Campo Grande.

Para conter a ação dos criminosos, o governador Jaques Wagner não descarta a possibilidade de recorrer ao governo federal e receber ajuda da Força Nacional de Segurança.

Fonte: g1, www.g1.com.br