Igreja do Mocambinho, na zona Norte, sofreu 4 assaltos em apenas um ano

Igreja do Mocambinho, na zona Norte, sofreu 4 assaltos em apenas um ano

Uma lan-House foi alvo de assalto duas vezes nos últimos meses; população teme

É assustador o índice de violência no conjunto Mocambinho, zona Norte de Teresina. Aumentou muito o número de arrombamentos e assaltos, segundo os moradores, a causa principal está na transferência do 9º

Batalhão da Praça da Telemar para o Lagoas do Norte.

Depois que a polícia saiu daqui a população está aterrorizada por assaltos todos os dias. Os bandidos não têm dó de ninguém. Eu quero fazer um apelo ao coronel Emídio para que coloque a polícia aqui.

Comerciantes e empresários já não sabem o que fazer, eles são atacados toda semana. ?A minha irmã tem uma loja aqui perto e já foi assaltada duas vezes em um mês, só eu já fui assaltado por três vezes. Em um mês e meio nós já fomos assaltados cinco vezes. Aqui, um adolescente não pode mais sair com um celular para o colégio?, afirmou o comerciante, Francisco das Chagas.

?Tem vez que alguém vem para comprar um acessórios de celular e a gente pergunta se a pessoa está com o celular para testar e ela diz que anda sem o aparelho por medo de roubo?, reforça.

?Eu estou quase indo embora. Não dá para trabalhar aqui porque a situação é complicada. A pessoa não pode sair de casa com R$ 4,00 no bolso porque eles matam mesmo por causa desses R$ 4,00!?, disse a funcionária Maria de Lourdes.

Uma lan-House foi alvo de assalto duas vezes nos últimos meses. A última vez, ocorrida recentemente, uma dupla entrou armada com revólver 38. ?Levaram celulares, dinheiro e aliança de clientes?.

Na Igreja do Mocambinho, já houve quatro ações do ano passado até os dias atuais. Em roubos efetuados, quebraram vidros de janelas e sacrário à procura de dinheiro. Como não encontraram, levaram notebook, data-show e arrancaram dois ventiladores.

"É mais que desrespeito. Eu não sei que palavra usar, porque isso fere a comunidade como um todo. O que vamos fazer com essa realidade? Há a falta de justiça, mas há a falta de Deus na vida e nos lares das pessoas para que o bem seja promovido, afirmou o padre Gerson.

Fonte: Denison Duarte