Estudante joga seu carro em cima de bandidos e evita assalto a casal no RS

Dupla abordou aposentados e foi surpreendida por homem de 31 anos.

Um estudante arriscou a vida para salvar um casal de aposentados durante um assalto, na noite de quarta-feira (6), na Zona Leste de Porto Alegre, como mostra reportagem do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV.


Em ato de coragem, estudante evita assalto a casal em Porto Alegre

Uma mulher e o marido estavam parados no trânsito, no bairro Partenon, quando foram abordados por dois jovens. Um deles, de apenas 13 anos, apontou uma arma para a cabeça da mulher, que acabou recebendo ajuda do motorista de outro carro. O homem de 31 anos arriscou a própria vida e tentou atropelar os assaltantes.

"Surgiram dois rapazinhos. Um deles colocou o revólver na minha cabeça e disse que eu descesse do carro senão ele ia me dar um tiro na cabeça", relembrou Diva Lopes Lerina, ainda abalada com o assalto, que ocorreu na esquina da rua Cristiano Fischer com avenida Bento Gonçalves, no bairro Partenon.

O estudante universitário presenciou a cena e jogou seu carro contra a dupla, batendo no de Diva. Os bandidos conseguiram desviar do carro a tempo e não foram atropelados. Com medo, o estudante pediu para não ser identificado. Ele contou que agiu instintivamente e, para ajudar o casal, jogou o carro para cima do jovem que segurava a arma.

"A primeira coisa que pensei foi chegar em casa depois e ver no jornal que alguém morreu naquele instante que eu passei e eu não tinha feito nada", disse o estudante.

Diva lembra que o adolescente de 13 anos, que apontava a arma e ameaçava atirar, estava muito nervoso. "Eu disse que ele se acalmasse, que eu ia descer. Nesse momento, eu disse só um pouquinho, que meu marido é doente, e está sentado aqui do lado. Ele disse: "não, não, desce". O outro também mandando eu descer. Nisso, passou um rapaz que estava atrás de mim em alta velocidade. A porta do meu carro estava aberta e ele atropelou os dois. Mas não pegou eles. Eles conseguiram saltar para trás. Só que levou a porta do meu carro junto, mas me salvou", comemorou a mulher. "Eu vou ajudar ele a arrumar o carro. É um prejuízo para ele, que não tem condições de arrumar sozinho, então, vou ajudar", garantiu.

Os dois assaltantes foram pegos pela Brigada Militar, que passava próximo ao local. O adolescente será levado ainda nesta quinta-feira (6) a uma unidade da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul. O outro assaltante, de 19 anos, que já esteve preso por roubo, foi encaminhado ao Presídio Central de Porto Alegre.

Fonte: G1